Navigation conteúdo Atividades na Áustria

Arquitetura na Alta Áustria – tão única como as pessoas daqui

Linz, cidade cosmopolita, cultural e artística. Inúmeras cidadezinhas históricas. Bad Ischl e Hallstatt. Por todo o estado, abadias e mosteiros, incontáveis porém únicos. Um dia na Alta Áustria pode ser muito curto, se nos deixarmos inspirar por todas as construções.

 © Stadt Linz
© Stadt Linz
Lentos Museum of Modern Art © Stadt Linz
Lentos Museum of Modern Art © Stadt Linz
 © Österreich Werbung/Weinhäupl
© Österreich Werbung/Weinhäupl
Ars Electronica Center © Stadt Linz
Ars Electronica Center © Stadt Linz
Brucknerhaus © Stadt Linz
Brucknerhaus © Stadt Linz
 © Kleine historische Städte
© Kleine historische Städte

Oberösterreich

[População] no mapa

A cidade de Linz é o ponto de partida mais indicado para iniciarmos um percurso arquitetônico pela Alta Áustria. O melhor é começar bem cedo, já antes das seis, quando sai o primeiro teleférico para o Pöstlingberg.

O esforço de acordar cedo vale a pena. Uma vez lá em cima, a cidade oferece um panorama espetacular.

Linz dá novo impulso para arquitetura

Nos últimos anos, a cidade ganhou uma imagem completamente nova, principalmente devido aos vários e atuais projetos arquitetônicos. Linz, cuja principal atividade até há poucos anos atrás era a fundição de aço, é hoje um local onde se modela arte, ciência e tecnologia, dando lugar a uma nova e fabulosa composição. As construções contemporâneas, como o Lentos Kunstmuseum (Museu de Artes), o Centro de Tecnologia e do Futuro Ars Electronica, a Brucknerhaus (Centro de Concertos e Congressos) ou o novo Musiktheater (teatro ainda em construção) agitam a região, sem deixar suas origens culturais de lado. A Fábrica de Tabaco de Linz também pertence às particularidades arquitetônicas da cidade. Um verdadeiro monumento à indústria, concebido pelos arquitetos Peter Behrens e Alexander Popp.

O adversário arquitetônico destes edifícios contemporâneos é a cidade antiga de Linz com a Catedral de Santa Maria e a romântica e onírica Landstraße, com suas inúmeras lojinhas. De maneira espetacular, tradição e modernidade unem-se no Castelo de Linz e seu museu(Schlossmuseum). De um lado, o muro histórico, exercendo vigilância sobre o Danúbio. De outro lado, a ala sul, atualmente uma construção moderna de vidro e aço que substitui aquela parte do castelo histórico destruída por um incêndio em 1800.

Pedalando pela história da região

Os moradores da Alta Áustria são pessoas despojadas, que gostam de andar de bicicleta. E é com elas que pedalamos até Enns, uma das mais belas cidades históricas do Estado. No centro do vilarejo encontra-se a imponente Stadtturm, torre com 60 metros de altura e completamente conservada. Igualmente belos, com seu estilo único, são os vilarejos históricos Steyr, Schärding, Gmunden e Wels.

Também pitoresca é a região de Salzkammergut com seu maravilhoso cenário de lagos e montanhas. Era aqui, na neoclássica Vila Imperial de Bad Ischl, que o antigo Imperador Francisco José e sua esposa Sissi se recuperavam da vida turbulenta de Viena. Hoje em dia, ainda é possível sentir a aura especial deixada pelos tempos do império.

Romance e aventura em Hallstatt

Já que estamos falando sobre Bad Ischl, então não estamos longe de Hallstatt, a famosa cidade vizinha. Quem está à procura de uma mistura de romance e aventura, está no lugar certo. A cidade foi eleita Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, devido à composição excepcional do local. 

Na estreita margem ocidental do Lago de Hallstätter, os estaleiros antigos, com suas imponentes construções em madeira, enfileiram-se encostados uns aos outros. Logo atrás, as montanhas invadem o céu. O marco da cidade, a grandiosa Pfarrkirche Maria Himmelfahrt (Igreja Paroquial da Assunção), presenteia o cenário com uma aura encantadora.

Quando falamos sobre arquitetura da Alta Áustria, não podemos nos esquecer das abadias e mosteiros. São eles que emprestam ao Estado um caráter inestimável e nos convidam a passar um dia inteiro sob a inspiração destas obras primas históricas.