Navigation conteúdo Atividades na Áustria
close
Please choose your country:
Or choose your language:

Um passeio pela arquitetura de Viena

Seja no centro histórico da cidade, nas vinícolas ou "além" do Danúbio: Viena tem muitos destaques arquitetônicos a oferecer. Arquitetura contemporânea e construções históricas convivem de maneira original nesta cidade.

 © Österreich Werbung/Popp Hackner
© Österreich Werbung/Popp Hackner
MuseumsQuartier Vienna © Österreich Werbung/Gebhart
MuseumsQuartier Vienna © Österreich Werbung/Gebhart
Schönbrunn Palace Vienna © Österreich Werbung/Wiesenhofer
Schönbrunn Palace Vienna © Österreich Werbung/Wiesenhofer
State Opera Vienna © Österreich Werbung / Viennaslide
State Opera Vienna © Österreich Werbung / Viennaslide
Museum Albertina in Vienna © Österreich Werbung/Lammerhuber
Museum Albertina in Vienna © Österreich Werbung/Lammerhuber
Haas-Haus e a Catedral Stephansdom © Österreich Werbung
Haas-Haus e a Catedral Stephansdom © Österreich Werbung

Quem faz um passeio ao longo do Danúbio bem cedinho, não aproveita apenas os primeiros raios de sol, mas também pode apreciar a interação extraordinária entre a natureza, uma criatividade jovial e lúdica e o mais importante arquiteto de Viena. No lado esquerdo, as ondas tranquilas do rio são rebatidas pelo seu canal. No lado direito, os coloridos grafites do muro de sustentação do canal rebatem o sol matutino. E ao longo do caminho, colhemos as primeiras impressões do famoso estilo art nouveau do arquiteto Otto Wagner. As estações de metrô Roßauer Lände e Friedensbrücke foram construídas no início do século XX, seguindo os projetos do célebre urbanista.

Aqui tradição e moderno convivem lado a lado

No centro histórico de Viena, o tradicional e o novo arquitetônico têm uma convivência genial. Aqui podemos testemunhar como construções históricas e arquitetura contemporânea podem se fundir, formando uma paisagem urbana impressionante. Logo ali, encontramos a medieval Catedral de Santo Estevão, em estilo gótico. Em frente, o moderno edifício Haas Haus, onde dominam o vidro e o aço. Mais adiante, o Palácio Imperial de Hofburg, o pomposo núcleo central da monarquia do Danúbio. Em frente a este, a Looshaus, um marco do modernismo vienense. Não muito longe, a residência da Ópera Estatal, famosa mundialmente. Ao lado, o museu Albertina, não apenas o lar de uma das maiores coleções gráficas do mundo. Este museu chama a atenção sobretudo através da ala Soravia Wing uma construção moderna de aço e vidro, que funciona como marquise.

Uma sala de estar urbana – no meio de Viena

O passado imperial continua evidente, enquanto passeamos entre o Museu de História da Arte e o Museu de História Natural de Viena. Não muito longe dali, podemos apreciar uma combinação especial de história e zeitgeist: o MuseumsQuartier, ou o bairro dos museus. O complexo cultural, que há 100 anos abrigava os estábulos imperiais, ganhou vida nova com ajuda da arquitetura contemporânea. O pátio assume atualmente a forma de uma gigantesca sala de estar, cercada por construções históricas e modernas como o Museu Leopold ou o Museu de Arte Moderna. O MuseumsQuartier tornou-se um dos locais mais movimentados de Viena. Os moradores da cidade estão sempre presentes, para relaxar, conversar ou aproveitar o pôr do sol.

Caldeirão de diferentes estilos de construção

Os arredores da Praça Karlsplatz são um caldeirão de diferentes estilos de construção: a Secessão de Viena no Wienzeile é o edifício em estilo art nouveau mais importante da cidade. Por sua vez, a Igreja de São Carlos Borromeo, barroca, na Praça Karlsplatz, é o antônimo do mundialmente famoso prédio classicista da Wiener Musikverein (clube da música), situado bem perto dali.

Responsável pela união de tantas culturas diferentes é o grandioso passado de Viena. O legado do reinado dos Habsburgos está nos vários prédios imperiais, entre eles dois especialmente imponentes castelos. O Palácio de Schönbrunn com sua gloriette servia como residência de verão dos imperadores. Era nos jardins coloridos do castelo que a Imperatriz Sissi descansava. O Palácio Belvedere é também um local para se renovar, com seus jardins acolhedores, cheios de maravilhosas esculturas e fontes.

Acordes finais com vinho vienense "da casa"

Se você quiser o moderno de volta, a Donau City é o lugar certo. Torres de vidro rasgam o céu: vidro, aço e concreto caracterizam a arquitetura deste novo bairro.

E ao anoitecer, a expectativa de uma noite agradável é grande. Em nenhuma outra cidade do mundo, podemos desfrutar vinhos de maneira tão natural como em Viena. A cidade tem o privilégio de possuir vinhedos próprios e consequentemente, oferecer vinho "da casa". E isso em combinação com a extraordinária e moderna arquitetura das adegas.