Navigation conteúdo Atividades na Áustria

Ars Electronica Festival

De balão de ensaio a sucesso mundial: aquilo que começou como projeto piloto, transformou-se, nos últimos 30 anos, em um dos mais importantes festivais de arte dos meios de comunicação, atraindo a atenção da cidade de Linz todos os anos no mês de setembro.

 © Rubra
No início de setembro, a antiga fábrica de tabaco de Linz converteu-se, durante nove dias, na “célula germinativa, novos futuros da cidade”, a primeira grande construção de esqueleto em aço da Áustria. Seria “para todos os efeitos, um balão de ensaio”, tal como indicou previamente Gerfried Stocker, o seu criador. Seria também um local com uma força simbólica para um festival que, em 2010, foi mais uma vez dedicado ao estado da sociedade na intersecção da arte, da tecnologia e da sociedade, subordinada ao tema “Repair - haverá ainda salvação possível?”.

A escolha deste local fez com que o Ars Electronic Festival se mantivesse, uma vez mais, fiel às suas tradições que, de modo consistente, procuram o confronto artístico-científico com a opinião pública, abandonando e deixando para trás espaços de conferência e de cultura clássicos.

A apresentação do trem do futuro aconteceu durante uma experiência-evento-supersônica, no âmbito da Klangwolke, acompanhado pela trilha sonora de Peter Valentin. Chris Jordan pescou 2,4 milhões de peças de plástico do Pacífico e elaborou com elas uma impressionante imagem, e o robô japonês Asimo festejou a sua estreia austríaca. Estes são apenas três de um total de 200 eventos independentes que, com muita criatividade, idealismo e elevado conhecimento técnico se empenharam por um futuro alternativo.

A Ars Electronica acontece há muitos anos e, com a sua orientação específica, é hoje uma plataforma mundial única da arte digital e da cultura dos meios de comunicação. Como scout para novas tendências da arte e da tecnologia, o Prix Ars Electronica, que teve início em 1979, abrange igualmente o Ars Electronica Futurelab, que funciona como elo de comunicação entre a economia e ciência, e o Museum der Zukunft (Museu do Futuro), no recentemente construído Ars Electronica Center.

Data: 1- 6/09
www.aec.at