Navigation conteúdo Atividades na Áustria

donaufestival - Festival do Danúbio

Uma abordagem única: o donaufestival de Krems é considerado um dos principais festivais dos posicionamentos atuais nos limites entre a performance e a arte do som, o experimental, o pop e a subcultura.

 © Florian Schulte
Deve ser do rio e da paisagem das duas margens, e também do ir e vir dos povos ao longo dos séculos, que resulta a consciência lúcida das próprias raízes e, simultaneamente, esta abertura à novidade. Senão, como explicar a quantidade de festivais existentes nesta região, festivais onde encontramos, em igual medida, um sentido aguçado do tradicional e o encontro além das fronteiras? O donaufestival é um dos primeiros festivais do calendário.

O donaufestival começa a desembrulhar as suas surpresas logo depois da Páscoa. Os organizadores do festival dedicam especial atenção ao (ainda) desconhecido e a um conjunto de produções próprias, que só podem ser vivenciadas durante a sua realização. Além disso, o programa sempre traz grandes nomes internacionais. Rufus Wainwright apresentou em Krems um dos seus álbuns, Melvins fez uma apresentação muito aplaudida e, em 2010, se ouviu a música techno-punk de Peaches. Além de se apresentar, Peaches também colaborou na elaboração do programa - foi uma espécie de curadora, tendo ela mesma convidado uma série de artistas para Krems.

No donaufestival tanto se podem fazer passeios acompanhados de música psicodélica ao longo do Hypotalamus, como beirar o limite da dor com a Noiserockern Sonic Youth, assistir a Diskursoperetten (óperas discursadas), projetos de música e atividades experimentais alternativos, como por exemplo, Lachyoga (ioga para rir). No seu conjunto, um programa jovem e certamente invulgar, que se destaca de maneira positiva do mainstream.

Em 2011, o Donaufestival é dedicado à memória de Christoph Schlingensief.

Data: 27.4 - 8.5
www.donaufestival.at