Please choose Language or Country
or
O mundo do acordeão: o âmago do Festival Internacional de Acordeão de Viena é a quase infinita diversidade idiomática deste instrumento anárquico.

A variedade dos nomes: Ziehharmonika, Quetschkommode, Schifferklavier, Handorgel, ou seja, os vários acordeões, harmônios e concertinas, indicam a variedade dos diferentes tipos de construção e idiomas do instrumento que durante um mês ocupa o centro das atenções do Festival Internacional de Acordeão de Viena.

Até certo ponto, o acordeão volta às suas origens. Foi Cyrill Demian, o construtor de instrumentos musicais vienense que, em 1829, utilizou pela primeira vez a denominação “accordion” para um instrumento patenteado por ele. Em pouco tempo, o acordeão passa a ser um elemento estabelecido da vida musical da cidade, tornando-se, juntamente com dois violinos, baixo e clarinete, um dos instrumentos da schrammelmusik. De Viena, o acordeão iniciou a sua marcha triunfal para todo o mundo, tendo sido acolhido pelas mais variadas músicas populares.

No Festival de Acordeão de Viena não só se ouvem as típicas canções vienenses, como também Klezmer, Musette e Zydeco. Além disso, os blues, a chanson, a música moderna e o jazz de músicos vindos de todo o mundo se unem, em igrejas, salas de teatro, no Museums Quartier (Bairro dos Museus), em uma Schutzhaus e na “Gürtel Late Nigtht Tour” (Cordão Late Night Tour), no centro da jovem Musikmeile, na zona onde se situam o Chelsea e o Rhiz. Na série “Stummfilm Matinee” (Matiné do Filme Mudo), há acordeonistas que acompanham ao vivo os clássicos do cinema mudo e, para as crianças de qualquer idade, há a “Magic Afternoon”. Não há limites para se desfrutar da música.

Data: 26/02 – 27/03
www.akkordeonfestival.at

Infoboxen: Festival Internacional de Acordeão de Viena

Bildrechte

Österreich Werbung betreibt unter den Hauptdomains www.austria.info bzw. www.austriatourism.com Websites, die in erster Linie der Bewerbung Österreichs als Fremdenverkehrsland dienen.